Reflexões

//subscrever feeds

Posts

Quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2007

"O que foi tornará a ser, o que foi feito se fará novamente; não há nada novo debaixo do sol. Haverá algo novo que se possa dizer: "Veja! Isto é novo!"? Não! Já existiu há muito tempo, bem antes da nossa época". Eclesiastes 1:9,10.

No dia 14 de fevereiro de 2.007, numa chuvosa manhã de quarta-feira passei por uma dolorosa experiência - a despedida da minha filha mais nova . Naquele momento não pude conter as lágrimas e enquanto vinha no carro regressando para casa, chorei silenciosamente e algumas imagens que estavam arquivadas na minha memória  surgiram como se fosse um filme. Só então senti a dor que a minha mãe sentiu quando eu tinha sete anos e saí do seu convivio para ir morar com os meus avós...  Me vi na Estação do trem da minha pequena cidade acenando com a mão dando tchau para a minha mãe que chorava, com o rosto inclinado no ombro do meu pai. Outra vez ela passou por essa dor, quando eu casei com dezenove anos e parti para bem longe.

A históiria se repete: Em outros lugares, com outras personamagens, outros cenários, mas estou certa que se repete. Minha filha mais velha casou há dois meses. Meu   esposo e eu passamos pelo mesmo processo que nossos pais passaram.

Quanto a minha filhote Águia que saiu de casa, sei que ela também chorou, mas agora  está muito bem e feliz, lutando pelos seus ideais.

A história vai continuar se repetindo,.. Viverei a minha história da melhor forma possível.

publicado por Rosângela às 13:27

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.