Reflexões

//subscrever feeds

Posts

Sábado, 15 de Dezembro de 2007


O Maior Problema com os Menores Pecados

"Todo aquele que permanece nele não vive pecando; todo aquele que vive pecando não o viu, nem o conheceu." (1 João 3:6)

"Pecado torna-se um crime, não contra a lei mas contra o amor; significa não apenas quebrar a lei de Deus mas principalmente quebrar o coração de Deus." -William Barclay

O que mais me machuca no pecado não é desobedecer a lei de Deus mas quebrar o Seu coração. Pecado não é uma fraqueza ou uma doença. Pecado é uma zombaria da Sua misericórdia e um desdém do Seu amor. Pecado machuca Deus.

Por isso nossas batalhas contra os menores pecados são sempre as maiores. Nosso pecado é uma ofensa ao nosso Deus. A batalha pode significar colocar um fim nas fofocas. Não flertar mais com a esposa do seu melhor amigo. Não dizer mais uma coisa na frente do seu amigo cristão e outra aos seus colegas de trabalho. Pode significar parar também com pecados sutis - controlar seu apetite, dominar suas fantasias e parar de fazer cópias piratas de material protegido por lei.

Parar com os pequenos pecados parece pouco para você? Se for, lembre-se que qualquer pecado é uma escolha de comunhão com o Diabo. E uma vez que o Espírito Santo o tenha convencido de algum pecado... o menor tornou-se o maior.

"Senhor Jesus, eu quero Te agradar. Eu não quero mais dar aos meus pecados nomes suaves e quero parar de fazer coisas que Te desagradam. Dá-me forças para obedecer."

Joni Eareckson Tada
http://www.joniandfriends.org

(tradução de Vinicios Torres)

publicado por Rosângela às 10:42
tags:

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.