Reflexões

Perfil

//mais sobre mim

Arquivo

//pesquisar
 
//Novembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
13
14
16

18
20
23
24

27
28


//comentários recentes
muito bom!
Que linda é sua filha! Tomara que vc logo mate sau...
Nossa Ro eu tambem fico tao tocada quando vejo o p...
ooiiiee Guerreira. Deus Abençoe!Jesus O Pão da vid...
Olá, bom dia,vim lhe retribuir a visita e o coment...
Realmente. a natureza é algo maravilhoso de Deus!a...
MARANATA!!!!!DEUS ABENÇOEEE!
Poxa, sem palavras...PRECISO DE FOME!!!q nunca tiv...
Eu quero as chuvas de Deus na minha vida e vou con...
É realmente não há amor maior que o do Pai dos Pai...
//arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


//favorito
//subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro

Posts

Terça-feira, 06 de Novembro de 2007
Tenho observado que alguns pais caem em dois extremos; deixam seus filhos à vontade, fazendo o que querem ou então são muito duros e reprimem os filhos.

Encontrei este poema que nos faz refletir seriamente:

A criança que é sempre criticada,
Aprende a condenar.

A criança que é sempre hostilizada,
Aprende a agredir.

A criança que é sempre ridicularizada,
Aprende a ser tímida.

A criança que é sempre envergonhada,
Aprende a sentir culpa.

A criança tratada com tolerância,
Aprende a ser paciente.

A criança que é encorajada,
Aprende a ser confiante.

A criança que é elogiada,
Aprende a apreciar.

A criança que recebe um tratamento imparcial,
Aprende a ser justa.

A criança que vive com segurança,
Aprende a ter fé.

A criança que é aprovada,
Aprende a gostar de si mesma.

A criança que vive em meio à aceitação e amizade,
Aprende a descobrir o amor no mundo.

Doroth Law Nolte.
publicado por Rosângela às 20:37