Reflexões

Perfil

//mais sobre mim

Arquivo

//pesquisar
 
//Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


//posts recentes
//comentários recentes
muito bom!
Que linda é sua filha! Tomara que vc logo mate sau...
Nossa Ro eu tambem fico tao tocada quando vejo o p...
ooiiiee Guerreira. Deus Abençoe!Jesus O Pão da vid...
Olá, bom dia,vim lhe retribuir a visita e o coment...
Realmente. a natureza é algo maravilhoso de Deus!a...
MARANATA!!!!!DEUS ABENÇOEEE!
Poxa, sem palavras...PRECISO DE FOME!!!q nunca tiv...
Eu quero as chuvas de Deus na minha vida e vou con...
É realmente não há amor maior que o do Pai dos Pai...
//arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


//favorito
//subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro

Posts

Segunda-feira, 23 de Julho de 2007

 

 

Ó Senhor meu Deus, tu és tão grandioso!

Estás vestido de majestade e esplendor

Tu estendes o céu como uma tenda

E pões sobre as águas dos céus as vigas dos teus aposentos

Fazes das nuvens a tua carruagem

E cavalgas nas asas do vento.

 

Os ventos são teus mensageiros

Os relâmpagos são teus servos

A terra não se abala porque tu a firmaste

Diante da tua palavra as águas fugiram

E subiram pelos montes, escorrendo pelos vales

Para saciar os animais selvagens

E alegrar as aves do céu.

 

És tu que fazes crescer o pasto para o gado

E as plantas que alimentam os seres humanos

Tu fizeste a lua para marcar estações

O sol sabe a hora que deve se pôr.

 

Eis o mar, imenso e vasto!

Nele vivem inúmeras criaturas

Seres vivos, pequenos e grandes

Todos dependem de ti, Senhor

Perdure para sempre a tua glória

Tu olhas para a terra e ela treme

Toca os montes, e eles fumegam

 

Cantarei ao Senhor toda a minha vida;

Louvarei ao meu Deus enquanto eu viver.

 

Sun.jpg

publicado por Rosângela às 20:09
 O que é? |  O que é? | favorito

Sábado, 14 de Abril de 2007

Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa, ou como o sino que  tine.

Ainda que eu tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que eu tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria.

E ainda que distribuisse toda a minha fortuna para o sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.

O amor é paciente, é benigno. O amor não inveja, não se vangloria, não se ensoberbece.

Não se porta inconvenientemente, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não suspeita mal.

O amor não se alegra com a injustiça. mas regozija-se com a verdade.

Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

O amor nunca falha. Mas  havendo profecias, cessarão, havendo línguas, desaparecerão: havendo ciência, passará.

Pois em parte conhecemos, e em parte profetizamos, mas quando vier o que é perfeito, então o que é em parte será aniquilado.

Quando eu era menino, falava como menino. Mas logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.

Agora vemos em espelho, de maneira obscura; então veremos face a face. Agora conheço em parte; então conhecerei como também sou conhecido.

Agora permanecem estes três: a fé, a esperança e o amor, mas o maior destes é o amor.