Reflexões

Posts

Quinta-feira, 27 de Setembro de 2007

Por que Jesus me ama?


Tentar entender as razões que levam Jesus a me amar é uma questão indecifrável, porém um sentimento é perfeitamente perceptível: “o Teu amor me constrange” – II Co. 5:14.


Por que Jesus me ama?


Eu não posso explicar, pois sou tão inconstante e freqüentemente me encontro nos labirintos das incertezas. Ainda sim Ele aparece como “lâmpada para meus pés” – Sl. 119:105.


Por que Jesus me ama?


Eu não posso explicar, pois sou pecador e indubitavelmente O afronto com minhas infantilidades espirituais. Ainda sim Ele surge como Aquele que “perdoa os pecados e me purifica de toda injustiça” – I Jo. 1:9.


Por que Jesus me ama?


Eu não posso explicar, pois muitas vezes insisto em trilhar caminhos desérticos e distantes. Ainda sim Ele se revela com a promessa de “derramar águas sobre o sedento, e correntes sobre a terra seca” – Is. 44:03.


Por que Jesus me ama?


Eu não posso explicar, pois às vezes no meu intimo quero lutar e desembainhar a espada da ignorância contra meu próximo. Ainda sim Ele me aconselha: “não por força nem poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor dos Exércitos” – Zc. 4:6.


Por que Jesus me ama?


Eu não posso explicar, pois de vez em quando me perco na onda da tristeza e me deixo levar até as profundezas da fraqueza intrínseca à minha existência. Ainda sim sou confrontado, pois “nem altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura me separará do amor de Deus, que está em Cristo Jesus” – Rm. 8:39.


Por que Jesus me ama?


Eu não posso explicar, pois mesmo quando subo no palco da vida e escuto os aplausos das multidões, às vezes, parece que está tudo errado. Ainda sim Ele me instrui a perceber que “o coração do homem propõem o seu caminho, mas o Senhor lhe dirige os passos” – Pv. 16:9.


Por que Jesus me ama?


Eu não posso explicar, e tenho certeza que até mesmo vivendo toda a eternidade será pouco para tentar desvendar uma resposta que consiga, ao menos, se aproximar das reais intenções que fazem o coração de Jesus bater no ritmo do amor.
Nunca saberei por que Jesus ainda insiste em me amar, porém viverei tentando ser a manifestação deste amor tão incompreensível e desafiadoramente constrangedor.


Texto lindo de Vinicius O. S. Guimarães


publicado por Rosângela às 12:02
 O que é? |  O que é? | favorito